São Paulo
19º

Utilidade Pública

Utilidade Pública - Cidadania

› Reciclagem
A reciclagem diminui o acúmulo de objetos e poupa a natureza da extração de seus recursos. É muito simples fazer a coleta seletiva de lixo, basta seguir algumas dicas:

Cidadania 1. Procure o programa organizado de coleta de seu município ou uma empresa, entidade assistencial ou catador que recolha o material separadamente. Saiba primeiro o tipo de reciclável que instituição recebe. Não adianta separar, por exemplo, plástico se a entidade só recicla papel.

2. Para facilitar a coleta, separe o material em não-recicláveis e recicláveis e dentro dos recicláveis coloque papel, metal, vidro e plástico.

3. Escolha um local adequado para guardar os recipientes com os recicláveis até a hora da coleta.

4. Antes de guardá-los, limpe-os para retirar resíduos e deixe-os secar naturalmente.

5. Para facilitar o armazenamento, diminua o volume das embalagens de plástico e alumínio, amassando-as e no caso de caixas, guarde-as desmontadas.

› Reciclagem de vidro
Muitos dos produtos que contém vidros podem ser reciclados. Em casa, separe para reciclagem garrafas de bebidas alcoólicas ou não alcoólicas, copos e recipientes em geral.

Importante: apenas que o vidro deve estar limpo e sem resíduo antes de ser dispensado e se o material estiver quebrado, redobre a atenção e embale-o em papel grosso, com jornal, para evitar acidentes.

› Reciclagem de papel
Separe papéis, como jornais, revistas, formulários contínuos, folhas de escritório, caixas e papelão, armazenando-os da forma adequada e encaminhando-os quando possível para reciclagem.

Lembre-se sempre que os papéis devem estar secos e limpos (sem gordura ou resto de comida).

› Consumo Consciente de Água
É fundamental agir de forma consciente, para evitar a poluição dos mananciais de água doce e reduzir perdas e desperdícios.

Cidadania Pequenas atitudes diárias podem gerar resultados surpreendentes. Evitar uma torneira gotejando, que desperdiça mais de 16 mil litros de água por ano, daria para matar a sede de uma pessoa por quase 23 anos.

Os cuidados devem ser adotados em relação ao banho, ao uso da torneira do banheiro, ao lavar a roupa ou a louça na cozinha, ao regar plantas, ao lavar o carro, enfim, há uma série de atitudes que ajudam a economizar água.

Para evitar racionamentos e ter água suficiente, proporcionando condições de boa saúde, inclusive, para as novas gerações é preciso que cada um de nós seja um consumidor consciente.

› Mudança de hábito
Um simples ato de escovar os dentes pode colaborar com isso. Se um milhão de pessoas fecharem a torneira na hora de escovar os dentes durante um mês, a economia é equivalente a dez minutos da água que cai pelas Cataratas do Iguaçu.

As empresas também podem e devem colaborar com a preservação do meio ambiente e dos recursos naturais adotando sistema de tratamento de seus efluentes, desenvolvendo produtos biodegradáveis e criando processos de armazenamento e reuso da água.

E para evitar racionamentos e o aumento do custo da água, é preciso também saber calcular a quantidade de água que se consome, por meio da leitura do hidrômetro (aparelho que mede o consumo de água) e da análise da conta mensal. Esta é também uma maneira para avaliar se o esforço de nossa atitude responsável tem surtido efeitos positivos

Precisamos ter consciência de que a atitude de cada um de nós é determinante para preservar a água e a vida no planeta. É importante não desperdiçar. Água é vida e saúde.

Consumo consciente de água, pratique essa ideia.

Cidadania › Como Reduzir o Consumo de Energia Elétrica
O aumento da temperatura da terra tem causado impactos ambientais e sociais, e quando desperdiçamos energia contribuímos com essa situação.

Por isso, diminuir o consumo de energia é um compromisso que todos devem assumir diariamente, em favor de um planeta melhor.

Algumas medidas simples, em casa mesmo, ajudam o bolso e a natureza.

Evitar abrir e fechar a geladeira várias vezes, ligar o ferro todos os dias e tomar banho mais rápido são alguns exemplos que fazem a diferença.

Reflita sobre suas atitudes e, se necessário, mude-as. O planeta agradece.


› Atitudes para economizar energia com a geladeira
A geladeira é responsável por cerca de 30% do consumo de energia de uma casa. Confira algumas medidas práticas que podem reduzir esse gasto:

Cidadania •  Não coloque roupas ou panos para secar na parte traseira.
•  Regule sempre o termostato segundo as orientações do fabricante.
•  Faça a limpeza e o degelo periodicamente.
•  Abra a porta da geladeira só quando precisar. Coloque ou retire os alimentos de uma única vez.
•  Evite colocar alimentos quentes e recipientes sem tampa na geladeira. Isso exige menos esforço do motor.
•  Deixe as prateleiras livres (sem tábuas, vidros, etc.), permitindo a circulação interna do ar frio.
•  Verifique regularmente as borrachas de vedação da porta.


› Medidas para reduzir o consumo de energia do chuveiro
Assim como a geladeira, o chuveiro é um dos equipamentos que mais gasta energia em uma casa, cerca de 30% do consumo. Para evitar desperdícios algumas atitudes que podem ajudar:

1. Instalação correta - é fundamental que a instalação do aparelho seja feita de forma correta, com boas conexões e fiação adequada

2. Regulagem adequada - em dias quentes, utilize o chuveiro com a chave na posição “verão”. Na posição “inverno”, o consumo de energia é 30% maior

3. Banhos mais rápidos evite banhos demorados. Reduza seu tempo debaixo da água ao mínimo indispensável.

4. Limpeza periódica - é necessário fazer a limpeza dos orifícios de saída de água do chuveiro periodicamente

5. Substitua resistência queimada - nunca reaproveite uma resistência queimada, isso traz aumento de consumo e põe em risco a sua segurança

Cidadania › Use o ferro de passar de forma consciente
Algumas atitudes simples e práticas para utilizar o ferro de passar de forma responsável, podem trazer economiza na conta e ainda ajudam a natureza:

•  Evite ligar o ferro todos os dias.
•  Acumule uma quantidade de roupas e passe tudo de uma só vez.
•  Comece a passar as roupas pelas peças que necessitam de mais calor.
•  Após desligar o ferro, aproveite ainda o calor para passar algumas roupas leves.
Voltar ao topo