São Paulo
19º

Eventos e Campanhas

Eventos e Campanhas - Eventos

› O que é Encontro de ONGs Saúde Brasil?

É um encontro nacional que apresenta trabalhos desenvolvidos por organizações do terceiro setor, por meio de exposição em estandes e compartilhamento de experiências bem-sucedidas e que também compreende um ciclo de palestras e cursos para capacitação e atualização dos que atuam nas entidades.

Com entrada franca, o evento recebe a visita de médicos, profissionais da saúde e representantes de órgãos públicos, além de ser aberto ao público em geral que recebe informações sobre saúde e pode realizar exames gratuitos. O Encontro de ONGs e Associações de Pacientes Saúde Brasil tem mostrado em suas edições a força da atitude socialmente responsável em prol da saúde e qualidade de vida da população.

O que é o evento Saúde do Idoso?

O que é o evento Saúde do Idoso?

A expectativa de vida da população tem aumentado ao longo dos anos, mas não basta apenas viver mais, é preciso também viver com qualidade.

O Evento Saúde Brasil surgiu para ajudar a multiplicar informações, motivar a troca de experiências sobre saúde do idoso, estimular medidas preventivas e promover a atuação das ONGs e associações que auxiliam nos direitos do paciente. Esses encontros têm entrada franca e são abertos ao público de qualquer idade, que além, de receber orientações importantes, ainda pode realizar exames gratuitamente.

Edições de Sucesso

Em sua última edição, mais de 8 mil pessoas foram beneficiadas durante os dois dias de Evento Saúde do Idoso, realizado na capital paulista em março de 2013. O público visitante fez uma série de exames gratuitos, recebeu informações e orientações sobre saúde e qualidade de vida e participou de diversas atividades artísticas e culturais.

O evento recebeu a atenção da grande mídia com a cobertura, ao vivo e em boletins exibidos durante a programação da TV Globo, SBT e Rede Vida. Emissoras de rádio, sites e mídias sociais também deram destaque ao evento.


Homenagens

O Saúde Brasil aproveitou a ocasião para reconhecer a trajetória de competência e compromisso dos que atuam em prol da promoção da saúde do idoso e homenageou profissionais e entidades que trabalham o tema com ética e determinação:

Alexandre Kalache, médico e presidente do Centro Internacional de Longevidade no Brasil, foi o responsável pelo Programa de Envelhecimento e Longevidade da Organização Mundial da Saúde (OMS) ente 1995 e 2007. Também lançou o marco político do envelhecimento ativo e o movimento global das Cidades Amigas dos Idosos.
 
Gilberto Natalini, médico, atende de forma voluntária há 40 anos, no ambulatório médico do Centro Social Bom Jesus do Cangaíba, em São Paulo. Cirurgião geral, exerce o cargo de vereador em seu quarto mandato e prioriza a luta pela saúde e meio ambiente.

O Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo, representado por Raquel Rizzi, vice-presidente da entidade, teve desempenho fundamental na orientação da farmácia como estabelecimento de saúde.

Dado o sucesso e repercussão positiva do Evento Saúde do Idoso, o Saúde Brasil está planejando uma nova edição para esse ano.

O que é o evento Saúde na Escola?

O que é o evento Saúde na Escola?

Realizado pelo Saúde Brasil, o evento é uma ação dirigida ao universo escolar para capacitar professores e educadores como agentes promotores de saúde, meio ambiente e cidadania, e também informar e orientar alunos, pais e comunidade no entorno da escola sobre temas de saúde e qualidade de vida.

Além dos eventos que acontecem em São Paulo com a participação de professores e educadores da rede pública e privada, o projeto ainda contempla a distribuição de materiais educativos e capacitações específicas temáticas.

O Saúde na Escola conta com o apoio de sociedades médicas, governos e órgãos de saúde e ensino, que buscam motivar hábitos saudáveis e promover o conceito de prevenção de doenças na infância e na adolescência no ambiente escolar.

 

Eventos de Sucesso

A cada edição do Saúde na Escola – Saúde Brasil, aumenta a presença das escolas públicas e privadas, que têm participação gratuita, e a qualidade dos temas e das reflexões é o ponto alto. Diversos especialistas esclarecem dúvidas e multiplicam informações e orientações que auxiliam na promoção da saúde de crianças, adolescentes e educadores.
Na 1ª edição do Saúde na Escola, realizada em setembro de 2008, a saúde do professor foi abordada, com temas que ajudaram a alertar o educador sobre a importância de prevenir e cuidar melhor da própria saúde.

Com o apoio da Sociedade Brasileira de Pediatria, da Sociedade de Pediatria de São Paulo e de outras instituições médicas e entidades, como SESI-FIESP, além de órgãos governamentais como as Secretarias Estadual e Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Educação, o evento contribuiu para com a promoção da saúde e qualidade de vida tanto dos professores como dos alunos.

Representando o Secretário Municipal de Educação da época, Alexandre Schineider, Dr. Domingos Palma reforçou a importância dessa iniciativa e a seriedade com que o Saúde Brasil realiza esta capacitação que vai de encontro às metas do Programa Escola Promotora de Saúde de São Paulo.

Já a edição de 2013 reuniu mais de 300 escolas públicas e privadas que puderem se informar e se capacitar sobre meningites, vacinação, puberdade, prevenção da violência contra a criança, uso racional de medicamentos, alimentação e obesidade. Além de participarem de palestras, os participantes receberam gratuitamente kits educativos para serem utilizados nos estabelecimentos de ensino.

Devido ao sucesso da iniciativa, duas edições do Saúde na Escola foram realizadas em 2014 com mais de 400 participantes de creches e escolas da rede pública e privada de São Paulo e outros estados em cada um dos eventos. O público teve a oportunidade de aprender e se atualizar sobre a saúde no ambiente escolar.

Além dos temas já abordados nas edições anteriores, Saúde Vocal, Prevenção de Álcool e Tabaco e Prevenção de DSTs/AIDS foram os assuntos também debatidos entre educadores e profissionais da área de saúde. Os presentes receberam ainda materiais didáticos para uso nas escolas e responderam a uma pesquisa que auxiliará na elaboração da 7ª edição do Saúde na Escola.

 

Depoimentos

 

“Dentro de um evento como este, é importante a interação entre o setor de educação e o setor de saúde no sentido de que todos nós em conjunto batalhemos e lutemos para promoção de uma sociedade melhor através de adultos mais bem informados, que é função tanto do profissional da saúde como do profissional da educação. Obrigado pela oportunidade e parabéns ao Saúde Brasil por mais está ação”.
Dr. Mario R. Hirschheimer, Presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria



“O programa que foi dado para a gente foi muito gratificante. Aprendi muita coisa e vou sair daqui muito feliz com tudo que aprendemos e garanto que acho que todo mundo está com a mesma impressão, muito emocionante, muito criativo e o recurso que foi dado também foi maravilhoso. A importância da vacinação foi valiosa para nós. Aprendemos bastante com tudo isto. Espero que tenha outra oportunidade para que isto aconteça”.
Silvânia, CEI Mooca e Tatuapé



“As palestras foram riquíssimas, todas elas, desde a questão da medicação até referente ao bullying, sempre tem informações que nós não temos, nós não recebemos, enfim, e tudo sempre acrescenta, foi super rico. Eu passaria mais um dia aqui com todas as palestras, com acréscimos e tudo mais. Obrigada à equipe que nos proporcionou isto”.
Rute, Professora de Educação Infantil



“O evento foi excelente e uma grande oportunidade de debatermos a saúde escolar”.
Dr. Fausto Flor Carvalho, SPSP



“Este evento contribuiu para levar conhecimento sobre alimentação e prevenção da obesidade para professores e educadores”.
Dra. Maria Arlete Escrivão, SPSP


“Queremos parabenizar o evento 6º Saúde na Escola. Evento com temas atuais, palestrantes atualizados e esclarecedores, horários respeitados, enfim muito enriquecedor, um sábado repleto de conhecimentos”.
Andréa e Evaldo Siqueira, Educadores



“A prevenção de DSTs passa por informação e educação, e as escolas devem estar preparadas para esclarecer dúvidas e mitos que cercam as DSTs”.
Robson Zamboni, – CRT/DST/Aids – SP



“A experiência foi excelente, com participação ativa da plateia, de forma respeitosa e interessada”.
Dra. Maria Teresa Lofredo Bonatto, CRF